Cris.dk

 

 

Dinamarca

 

 

Moro na Dinamarca desde 2001. Para quem vem do Brasil, não tem comparação. São dois lugares completamente diferentes.

Aqui eu enfrentei situações inacreditáveis e aprendi muito sobre a minha própria cultura. Isso foi interessante. É necessário sair do nosso próprio país para aprendermos mais sobre ele.

Nessa seção eu mostro fotos de lugares bacanas. Copenhague, a capital da Dinamarca, é uma cidade muito bonita e antiga. A cidade é pequena e com boa disposição dá para fazer o passeio a pé ou usando uma das bicicletas da cidade, que você empresta em vários pontos estratégicos espalhados pela cidade.

Antigamente usava-se uma moedinha de 20 coroas para emprestar a bicicleta e essa moeda você pegava de volta quando devolvia a magrela. Mas as coisas andam meio mudadas e eu nao tenho certeza se essas bicicletas ainda estão disponíveis. Há agora novas bicicletas, híper modernas com GPS e tudo, mas tem que agendar com antecedência, fazer cadastro no website e pagar por hora. Eu achei o preço caro: 25 coroas por hora. Só para você ter uma idéia, isso é em torno de 3 euros. Na França, as bicicletas da cidade custam 1 euro por hora.

Mas deixando as bicicletas de lado, se quiser saber mais sobre os pontos turísticos mais atrativos da cidade, clique nos links acima (Castelos, Parques, Centro, Igrejas, Sereia).

 

Fotografias

fotos de Copenhague verao 2004
Fotos de Copenhague no outono
Álbum primavera/verão
Álbum outono/inverno

Em 2004 eu tinha um projeto: tirar fotos de Copenhague nas diversas estações do ano. Eu acho a cidade muito charmosa e como cada estação do ano dá um visual diferente aos diversos pontos turísticos, eu estava entusiasmada. Durante a primavera e verão eu andei por todos os cantos da cidade tirando mil fotos. Então veio o outono e descobri que não sou muito fã de fazer caminhada quando está frio, chuvoso e ventando. Por isso demorou vários anos para colecionar fotos tiradas durante o inverno, e mesmo assim, não são tantas. As melhores fotos dos meus passeios estão nesses álbuns acima, chamados 'primavera/verão' e 'outono/inverno'.

Agora em 2014, há novos prédios na cidade, como a nova casa de ópera, e vários prédios antigos passaram por restauração, onde eles limparam os tetos de cobre, retirando a camada oxidada esverdeada e restaurando a cor original marrom. Isso dá uma outra cara à cidade (apesar d'eu gostar mais dos tetos esverdeados). Eu deveria tomar vergonha na cara e tirar novas fotos da cidade, já que agora estou munida de uma câmera melhorzinha que aquela que eu tinha em 2004. Planos de sair pela cidade eu tenho, mas e coragem? Quem sabe eu me anime em breve.

 

Curiosidades e diferenças entre Brasil e Dinamarca

Sempre que vou ao Brasil e o pessoal fica sabendo que moro no exterior, chovem perguntas. Muitas vezes não consigo responder de imediato. As coisas aqui são tão diferentes, que fica difícil comparar. E foi para matar a curiosidade do povo que tive a idéia de escrever aqui como as coisas funcionam na Dinamarca. Como é a mentalidade, quais são os benefícios, as dificuldades, o estilo de vida dinamarquês, as diferenças culturais e aquelas curiosidades que nos deixam boquiabertos. Clique aqui que eu conto tudo!